Fla tem gol mal anulado, empata e perde chance de já ir à semifinal

Veja o conteúdo original na SuperFC Jornal O Tempo

Sem o capricho necessário nas finalizações, os reservas do Flamengo empataram sem gols com o Volta Redonda neste sábado, no Maracanã, e perderam a chance de voltar à liderança do Grupo C do Taça Rio, e garantir antecipadamente a vaga às semifinais do Campeonato Carioca, levando em conta a pontuação geral.

O empate, o segundo seguido no torneio, deixa o Flamengo com sete pontos, na segunda posição da chave, atrás do Bangu, que tem nove. O Volta Redonda também é o vice-líder de seu grupo, o B. Tem seis pontos, quatro a menos que o Fluminense, o primeiro colocado da chave.

Longe do entrosamento ideal, a escalação mista do time rubro-negro, liderada por Arrascaeta e repleta de jovens, não foi capaz de balançar as redes do adversário, que se mostrou equilibrado em campo e não se intimidou com o Flamengo no Maracanã. 

O resultado poderia ser outro caso o gol de Hugo Moura nos acréscimos não tivesse sido mal anulado. Em posição legal, o meio-campista, improvisado por Abel Braga na zaga, aproveitou rebote de chute de Diego e mandou para as rede. A arbitragem, porém, viu impedimento e o lance foi anulado.

O JOGO – Com vários jogadores poupados, e outros fora por lesão ou suspensão, o time rubro-negro teve Arrascaeta na articulação e os Thuler e Hugo Moura na zaga e Vitor Gabriel e Lucas Silva no ataque. A equipe de Abel Braga criou, teve mais posse de bola, o dobro de finalizações, mas não foi tão incisiva a ponto de vencer.

No primeiro tempo, Vitor Gabriel, Uribe, este mais de uma vez, Arrascaeta e Lucas Silva tiveram chances de marcar, mas falharam O Volta Redonda respondeu com o centroavante João Carlos em cabeceio que passou perto do gol do goleiro Gabriel.

No segundo tempo, com Diego em campo, a pressão flamenguista foi muito mais intensa, mas sem o capricho necessário, não houve o resultado almejado. Trauco bateu falta defendida pelo goleiro Douglas Borges, Ronaldo levou perigo em arremate de fora da área, Uribe acertou o travessão e Arrascaeta obrigou Douglas a fazer ótima defesa em chute colocado.

No fim da partida, o Flamengo até marcou, mas o lance foi anulado. Hugo Moura, em posição legal, concluiu para o gol depois de o goleiro dar rebote no chute de Diego. De forma equivocada, a arbitragem assinalou o impedimento e frustrou os comandados de Abel na tentativa de se garantirem antecipadamente na semifinal do Carioca. 

Na próxima rodada da Taça Rio, o Flamengo encara o Madureira, na terça-feira, às 20h30, no Maracanã. Na quinta, às 19h30, o Volta Redonda visita a Cabofriense.