Decisão no Riacho | SUPERFC

Veja o conteúdo original na SuperFC Jornal O Tempo

Daniel Ottoni
16/03/19 – 08h00

Historicamente, poucos são os times que conseguem manter a invencibilidade diante do Sada Cruzeiro durante uma temporada inteira. Depois de ter vencido os celestes na final da Supercopa e no turno da Superliga masculina, o Sesi-SP tem a missão de seguir sem perder para o atual pentacampeão e líder do torneio do país. Com apenas um ponto a menos que os celestes, os paulistanos terão uma prova de fogo neste sábado (16), às 19h30, com transmissão do SporTV, em jogo válido pela última rodada do returno. Quem vencer, garante a liderança ao fim da fase de classificação. Além deste duelo, outros cinco estão agendados para o mesmo horário para definir a ordem dos oito já garantidos na próxima fase.

“Na Supercopa nosso time ainda estava tentando se encontrar, passava por um processo de reformulação. Sabemos que eles têm grandes jogadores, erram pouco, mas temos que ir com tudo para garantir esta liderança. Está tudo a nosso favor, jogamos em casa, estamos na liderança. Não diria que eles estão engasgados, não vejo desta forma. Mas queremos a vitória para seguir com vantagem nas próximas fases dentro de um jogo que, certamente, será um dos mais fortes da temporada. Esperamos entrar fortes para enfrentar este grande adversário”, afirma o ponta Filipe.

Conseguindo fazer frente ao Sada Cruzeiro durante a fase de classificação, o Sesi-SP sabe da importância de terminar na frente, pensando em uma possível presença em fases decisivas. “É a disputa do primeiro lugar com as duas equipes mais consistes no momento, jogando um voleibol um pouco acima dos demais. O primeiro lugar é fundamental para, caso chegue a uma final, termos três dos cinco jogos em casa”, afirma o ponta Lipe.

Ainda dá

Por mais que esteja sonhando com a quarta posição, o Fiat-Minas quer, primeiro, jogar bem, fazer sua parte bem feita para ser agraciado com as consequências da qualidade que pretende colocar em quadra. O último jogo no returno será fora de casa contra o Caramuru-PR, equipe que briga para não ser rebaixada, também às 19h30. Em quinto lugar, o Minas pode ganhar uma posição, mas depende de tropeço do quarto colocado Sesc-RJ que enfrenta o já eliminado São Francisco Saúde-Ribeirão Preto-SP.

Desafio

Tecnologia. O momento de decisão na Superliga masculina fez o Sada Cruzeiro fazer um pedido à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Sem nada a perder, o time celeste sugeriu à entidade que comanda a competição que o aparelho do desafio, fosse usado na partida contra o Sesi-SP. A CBV acabou aceitando o pedido e os lances duvidosos, durante a partida que vale a liderança ao final da fase de classificação, poderão ser esclarecidos em poucos segundos.