Ex-jogador Fábio Júnior relembra pênalti perdido pelo Galo contra Cruzeiro

Veja o conteúdo original na SuperFC Jornal O Tempo

Bernardo Lacerda | @Supernoticiafm
15/03/19 – 19h07

Em entrevista ao portal UOL Esporte, o ex-jogador Fábio Júnior relembrou da passagem pelo Atlético e de um encontro com o Cruzeiro, clube que teve maior projeção. O centroavante lembrou de um lance específico.

No confronto entre Galo e Cruzeiro, em 2003, pelo Campeonato Brasileiro, Fábio Júnior foi responsável em fazer cobrança contra a Raposa, mas acabou acertando a trave do goleiro Gomes.

“Lógico que o peso que eu perdi pelo Atlético foi muito maior que do David. Na época, eu tinha o Gomes como goleiro, a gente treinava sempre e ele sabia todas as formas que eu cobrava. A minha opção era bater forte no meio, bati tão forte, que a bola bateu na trave”, disse Fábio Júnior.

E foi de propósito o erro, como muitos falaram na época? O ex-jogador garante que não. “As pessoas falavam que eu perdi o pênalti de propósito. Mas eu jamais iria perder um gol de propósito. Foi um dos poucos pênaltis que perdi. Mas foi engraçado, a torcida do Cruzeiro cantava meu nome e isso fazia a torcida do Atlético ter mais raiva”, destacou Fábio Júnior.