CBV abre exceção e autoriza uso do desafio no clássico entre Sada e Sesi

Veja o conteúdo original na SuperFC Jornal O Tempo

Daniel Ottoni | @supernoticiafm
15/03/19 – 14h33

O momento de decisão na Superliga masculina, que chega à última rodada do returno neste sábado, com os seis jogos às 19h30, fez o Sada Cruzeiro fazer um pedido à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Sem nada a perder, o time celeste sugeriu á entidade que comanda a competição que o aparelho do desafio, adquirido pelo clube ainda na última temporada, fosse usado na partida contra o Sesi-SP, no ginásio do Riacho, em Contagem, que terá transmissão do Sportv.

A CBV acabou aceitando o pedido e os lances duvidosos, durante a partida que vale a liderança ao final da fase de classificação, poderão ser esclarecidos em poucos segundos. 

“O regulamento da Superliga prevê que o sistema de desafio será utilizado nas semifinais e finais do torneio, mas, pela relevância desta partida, nós conversamos com a equipe do Sesi, e eles concordaram que seria importante usá-la neste momento. Os outros clubes da competição também concordaram por unanimidade e fizemos este pedido à CBV, que prontamente nos atendeu. Será um grande jogo, muito equilibrado, e a ferramenta vai valorizar ainda mais este confronto, que vale muito para os dois times”, afirmou Luis Carlos Sales, supervisor do Sada Cruzeiro. 

A equipe já havia disponibilizado o aparelho em outros torneios da temporada como Campeonato Mineiro, Supercopa, Libertadores e Sul-Americano. A CBV ainda não comprou o aparelho, tendo o alto custo da aquisição como justificativa. Nas semifinais e finais da Superliga, a CBV voltará a usar o aparelho que pertence ao time celeste.